Bruno

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFE-mail

Data de nascimento: 18/09/1991

 

Quando o Bruno nasceu, tudo transcorreu normal no hospital, não houve diagnóstico. Em casa achavam lindo o choro dele, parecido um gatinho miando.

Com um mês ao levarmos ele ao pediatra, ela nos disse que esse chorinho parecido com o miado de gato poderia ser o sintoma de uma síndrome e nos aconselhou a procurar um geneticista. Em 1991 quando Bruno nasceu essa era uma especialidade meio rara, mas conseguimos um na Escola Paulista de Medicina, foi feito o cariótipo do Bruno e constatado deficiência do braço curto no cromossomo nº 5.

Fizemos o cariótipo também para ver se havia alguma translocação nos nossos cromossomas que pudesse ter sido transmitido ao Bruno, mas nossos cariótipos deram normais. Segundo o geneticista, foi um acidente na divisão das células que deletou parte do braço curto do cromossoma nº 5.

Ele nos pintou um quadro extremamente negro sobre o futuro do Bruno, disse que ele não falaria, não andaria e ficaria preso a uma cama o resto da vida.

O tempo mostrou que ele estava errado (graças a Deus), o Bruno ainda não fala, mas anda pra cima e pra baixo, entende tudo, e o que ele quer, ele faz entender por gestos e algumas palavras que ele consegue falar. Ultimamente ele fica o dia inteiro falando Uca, Uca... que é o como ele chama o irmãozinho mais novo, Lucas Diego. Ele adora futebol, gosta do Palmeiras, passeios e se mostra muito feliz, que é o que mais importa pra nós.


Mércia Regina e Adilson, pais do Bruno Eduardo.

Endereço: R. Dos Botocudos, 32 - Vl. Valparaiso - Santo André - SP

Cep: 09060-450 - Telefone: 11 - 4438-133

Comentários  

 
0 #2 [email protected] 19-10-2014 18:31
:-* :sad:
Citar
 
 
+1 #1 THIAGO GOMES 26-10-2011 16:01
:lol: 8) adorei o caso parabens pelo site novo!!
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar