Mayã Rubi

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFE-mail

MAYÃ RUBI

Data de Nascimento: 18/07/2001

Na Ilha de Java, "Mayã" é um cumprimento que quer dizer "Boa Sorte", "Felicidades", "Que Deus esteja contigo"... Soa como um mantra, uma benção.

Quando minha pequena benção nasceu - 18.07.01, pesando 1.940 kg e medindo 42 cm ela não chorou, mas deu um gritinho que na hora me lembrou o miado de um gatinho...

A gravidez transcorreu normalmente, porém com 36 semanas de gestação, exames mais detalhados mostraram um bebê pequeno e em sofrimento. Foi feita uma cesariana de urgência e contrariando todas as expectativas, Mayã Rubi nasceu bem não necessitando sequer de oxigênio.

Ao ter minha filha nos braços pela primeira vez, a palavra que me veio à mente foi "indolente". Ela não procurava o seio como as outras crianças e quando colocava sua boca no bico ficava parada, não sabia ou sequer tentava sugar.

Mayã saiu do hospital com 10 dias e muito lentamente começou a relacionar-se com omundo exterior, cada dia um pouco mais até que finalmente seus olhos encontraram os meus e percebi que ela me conhecia foi então que o maior de todos os milagres aconteceu:MINHA FILHA SORRIU PARA MIM!

Naquele momento eu tive a certeza de que não importava o que os médicos diziam, minha filha iria viver sim e no que dependesse de mim, viveria muito bem.

Com 6 meses o diagnóstico foi confirmado e ela começou com as terapias: estimulação, fisioterapia e fonoaudiologia. Aos poucos foram surgindo os resultados: Com 1 ano e 3 meses se arrastou e em seguida engatinhou e sentou sem apoio, pouco depois levantou sozinha no berço. Aos 2 anos começou a falar e mesmo não formando frases, repete tudo o que ouve conseguindo se expressar com muita facilidade. Com 3 anos passou a comer alimentos sólidos.

2005 foi um ano de grandes conquistas para todos nós, em fevereiro Mayã começou a andar sozinha e graças ao auxílio do "Núcleo" - que através do Sr. Vagner entrou em contato com a prefeitura de Peruíbe - hoje freqüenta uma EMEI durante toda a semana e adora!!

Mayã Rubi é uma criança extremamente feliz. Bonita e carismática, torna-se sempre o alvo de todas a atenções. Adora crianças, animais e principalmente brincar com água.

Hoje, passados os inúmeros momentos de angústia, inseguranças e muito, muito medo posso afirmar que me tornei uma pessoa melhor com a certeza de que sou a orgulhosa mãe de uma criança perfeita... perfeitamente capaz de amar, ser amada e principalmente de VIVER!

Mayã para todos!

Regina Helena, mãe da Mayã Rubi

Rua 16, 240 - Balneário Arpoador

Peruíbe - São Paulo

Tel:(13) 3455-7027

Comentários  

 
+5 #1 Eliane Dela Cruz 06-04-2012 16:44
Olá Regina!
Parabéns pela filha linda e muito bem desenvolvida!
Minha pequena Vitória também é cri du chat, ainda não anda com 7 anos e 5 meses. Estamos bastante ansiosos.
Gostaria de manter contato para trocarmos dicas e quem sabe convivermos!
Abraços! Eliane
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar